Vaticano apresenta a Plataforma de Ação Laudato si’

Na conclusão do ano comemorativo da encíclica, plataforma constitui um caminho de sete anos para realizar ações concretas

Jéssica Marçal, com Boletim da Santa Sé
Da Redação

coletiva para a apresentação da plataforma de ação laudato si'

Coletiva abordou o encerramento do Ano Laudato si’ e da plataforma de ação para os próximos sete anos / Foto; Reprodução Vatican Media

O Vaticano realizou uma coletiva de imprensa nesta terça-feira, 25, sobre o encerramento do Ano Laudato si’, que terminou ontem. Na ocasião, também foi apresentada a Plataforma de ação Laudato si, um caminho para os próximos sete anos.

Presente na coletiva, o prefeito do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, Cardeal Peter Turkson. O órgão ficou responsável pela realização das atividades do ano celebrativo dos cinco anos da Laudato si’.

O cardeal ressaltou que a pandemia da covid-19 impediu uma celebração mais festiva sobre a encíclica, com eventos e espetáculos. Mas isso acabou despertando a criatividade do dicastério, que realizou outras iniciativas, como a Semana Laudato si. E foi com entusiasmo que as comunidades responderam ao apelo do Papa de cuidar da casa comum, ressaltou.

“Nasceram jardins vivos e capelas Laudato Sì, lugares feitos não só de árvores, mas nascidos de uma feliz interconexão entre o território, o homem e suas atividades educativas, sociais, econômicas, respeitando os ecossistemas e a biodiversidade”. Um exemplo citado foi o da Igreja em Bangladesh, que plantou mais de 700 mil árvores durante o ano.

Livro com testemunhos 

O dicastério publica o Laudato si’ Reader, livro que reúne testemunhos de impacto e experiências de diversas pessoas em todo o mundo sobre a encíclica. O livro, segundo o cardeal Turkson, evidencia que a Laudato si’ não é uma história a viver de longe, mas que está no coração dos ambientes natural e social.

Com o encerramento do ano, inicia-se um caminho de sete anos para continuar a concretizar a mensagem do documento. E então foi lançada na coletiva a Plataforma Laudato si’, já anunciada pelo Papa Francisco no último domingo, 23. Cardeal Turkson frisou que agora, mais do que nunca, é o momento de agir, de assumir o papel de “cidadãos ecológicos”.

“Como nos recorda Papa Francisco, a atenuação dos efeitos do atual desequilíbrio depende do que fazemos agora e me uno à Sua Santidade em convidar todos vocês urgentemente a renovar o diálogo sobre o modo com que estamos construindo o futuro do planeta”.

Plataforma de Ação Laudato si’

plataforma de acao laudato si reproducao Vaticano apresenta a Plataforma de Ação Laudato si’

Página inicial da Plataforma de Ação Laudato si’ / Foto: Reprodução do site

“Antes de tudo, o que é a Plataforma de Ação Laudato si’? É uma viagem para realizar a visão ecológica integral da Laudato si’”. Quem explicou na coletiva foi o coordenador da seção “Ecologia e Criação” do dicastério, padre Joshtrom Isaac Kureethadam.

Ele citou os sete fatores-chave envolvidos nesse caminho, já citados também pelo Papa na viodemensagem divulgada por ocasião do lançamento da plataforma. São eles: famílias, paróquias e dioceses, escolas e universidades, hospitais, empresas comerciais e agrícolas, organizações, grupos e movimentos, e institutos religiosos.

Ao todo, serão sete anos para aplicar os sete objetivos da encíclica Laudato sí. “Prevemos que o primeiro ano seja dedicado às três tarefas fundamentais da construção da comunidade, da partilha dos recursos e da elaboração dos planos de ação concretos para a realização dos sete objetivos da Laudato si’. A isso se seguirão cinco anos de ações concretas. O último ano será o ano sabático, para louvar e agradecer a Deus”.

E como realizar a Plataforma? Segundo o sacerdote, isso só será possível através da colaboração, com o caminho sinodal que o Papa está propondo a toda a Igreja.

Ele revelou ainda que todo esse trabalho começou há dois anos. O dicastério é o guia, mas há outras colaborações, a exemplo da Caritas Internacional, do Movimento Católico Global pelo Clima e outras instituições religiosas.

A Plataforma de ação Laudato si’ tem um site em nove idiomas, entre eles o português. O endereço é https://plataformadeacaolaudatosi.org/

Os setores da plataforma

Irmã Sheila Kinsey é co-secretária executiva da Comissão Justiça, Paz e Integridade da Criação da União Internacional das Superioras Gerais. Presente na coletiva de hoje, ela apresentou os setores da nova plataforma, uma vez que os religiosos estão presentes em todos eles.

Os sete setores compreendem áreas importantes da Igreja. Famílias, instituições educativas, economia, ordens religiosas, paróquias e dioceses, hospitais e centros sanitários, organizações e grupos. “A expectativa é que as pessoas destes grupos possam partilhar a riqueza e a variedade de suas experiências”, informou irmã Sheila.

O setor dela é formado por religiosos e religiosas. São feitas reuniões para discernir, juntos, o caminho a seguir. E três são os pilares que baseiam os esforços de planejamento: encorajamento, transição para a ecologia integral e trabalho conjunto frente à crise ecológica.

“Atualmente, estamos trabalhando com os objetivos sugeridos pela Plataforma de ação. Consideramos também alguns modelos e guias para ajudar a planejar e partilhar os recursos. O entusiasmo para a Plataforma de ação Laudato si’está crescendo com a força das nossas redes”.

(texto em atualização) 

O post Vaticano apresenta a Plataforma de Ação Laudato si’ apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Tue, 25 May 2021 13:28:23 +0000