Plano diretor climático da Europa quer reduzir emissões em uma década

Se as políticas forem aprovadas, colocará a terceira maior economia do mundo no caminho para cumprir as metas até 2030

Da redação, com Reuters

Emissao gases Reuters Plano diretor climático da Europa quer reduzir emissões em uma década

A União Europeia quer diminuir as emissões de gases na atmosfera até 2030 / Foto: Reprodução Reuters

A União Europeia deve assumir a liderança em ações de política climática entre os maiores emissores de gases do efeito estufa com uma série de planos ambiciosos para reduzir as emissões drasticamente na próxima década.

As políticas, se aprovadas, colocariam o bloco — a terceira maior economia do mundo — no caminho para cumprir as metas para 2030 e reduzir as emissões que causam o aquecimento global em 55% em relação aos níveis da década de 1990.

O pacote, intitulado “Fit for 55”, foi lançado nesta quarta-feira, 14, e enfrentará meses de negociações entre os 27 países da UE e o Parlamento Europeu.

Outras economias importantes, incluindo China e Estados Unidos — os dois maiores emissores do mundo — comprometeram-se a alcançar emissões líquidas zero, que os cientistas dizem que o mundo deve atingir até 2050 para evitar mudanças climáticas catastróficas.

Mas a UE é a primeira a revisar sua legislação para promover escolhas mais verdes nesta década entre os 25 milhões de empresas do bloco e quase meio bilhão de pessoas.

Em grande escala

“É a maior escala que já vimos”, disse Manon Dufour, do grupo independente sobre mudanças climáticas E3G.

“A UE e o resto do mundo estão fazendo isso à medida que avançamos, nunca fizemos uma transformação tão grande em nossa economia e dentro de um cronograma”, acrescentou ela.

Leia também
.: Mudanças climáticas abruptas lembram o cuidado com o planeta Terra

A Comissão Europeia proporá 12 políticas destinadas a energia, indústria, transportes e aquecimento de edifícios.

As emissões no setor elétrico da Europa estão caindo rapidamente, mas outros setores estão travados.

As emissões de automóveis, aviões e navios, que representam um quarto do total da UE, aumentaram. Os edifícios produzem um terço das emissões do bloco e, como as fábricas da Europa, muitas casas usam calor produzido a partir de combustíveis fósseis.

O projeto de medidas visa incentivar as empresas e os consumidores a escolherem opções mais ecológicas em vez de opções poluentes.

A primeira medida mundial

Com o seu primeiro pacote mundial, a UE também pretende melhorar sua posição de liderança climática global. Não está claro se isso será suficiente, porém, para obter uma ação igualmente ambiciosa de outras grandes economias na conferência climática da ONU em novembro em Glasgow, na Escócia.

“Este pacote também chega em um momento em que o resto do mundo está fazendo perguntas muito semelhantes sobre como fazer isso. Portanto, terá implicações em casa, mas certamente terá implicações no resto do mundo”, afirmou Dufour.

O post Plano diretor climático da Europa quer reduzir emissões em uma década apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Wed, 14 Jul 2021 22:51:44 +0000

Open chat