Pastoral da Saúde: congresso debate humanização e espiritualidade

Conferência virtual trará especialistas em saúde e comunicação para discutir processo humanitário, espiritualidade e evangelização

Thiago Coutinho
Da redação

Congresso Humanizacao cartaz Pastoral da Saúde: congresso debate humanização e espiritualidadeNeste sábado, 4, a Pastoral da Saúde da CNBB realizará, em caráter virtual, o XL Congresso Brasileiro de Humanização e Pastoral da Saúde. O tema desta edição, “Motivação e Espiritualidade para Seguir Evangelizando”, será discutido entre religiosos, médicos e jornalistas de forma on-line.

“Sim, o fato principal é por circunstância da pandemia que já estamos vivendo nestes quase dois anos”, explica o padre Renato Prado, organizador do evento e sacerdote camiliano, a respeito de o Congresso ser realizado de forma virtual. “Embora entendamos que a troca, convivência e experiência presencial do Congresso tenha seus valores, precisamos cuidar de todos neste momento complicado”.

O tema, segundo o sacerdote camiliano, é decidido anualmente — tópicos que sejam pertinentes aos agentes da Pastoral da Saúde e aos profissionais convidados. “Então, convidamos especialistas em cada área, sejam eles de área técnica científica ou religiosa, para abordar o tema específico”, detalha.

O sacerdote comenta ainda o aspecto da evangelização, também presente no tema e alvo de discussão deste congresso. “Como diz uma música de padre Zezinho: ‘Dai-me a palavra certa, na hora certa, do jeito certo e para pessoa certa’. A fé é a condição para vivermos de modo diferente e surpreendente. Quando acompanhamos uma pessoa em cuidados paliativos e que no olhar, nas palavras e gestos nos transmitem uma paz e força divina. A espiritualidade é essa prática aplicada na vida de modo coerente, verdadeiro e espiritual”, pondera o religioso.

O trabalho pastoral durante a pandemia

A Pastoral da Saúde também teve que se adaptar a estes novos tempos impostos pela pandemia. Distanciamento social, vacinação e rostos cobertos por máscara mudaram a outrora rotina daqueles que atuam junto à Pastoral.

Questionado sobre o que futuro reserva aos fiéis e à própria Igreja, padre Renato pondera que este pouco mais de um ano e meio de pandemia ensinou muita coisa.

“Esse tempo complexo que convivemos em tempos pandêmicos nos trouxe muitos ensinamentos em pouco tempo e estamos absorvendo a cada dia novos modos de viver em comunidade, em Deus, pela religião e suas nuances de como praticá-la”, observa.

Humanização e espiritualidade

Padre Renato afirma que o processo de humanização já é uma realidade em ambientes hospitalares. “Este é um critério muito importante para os hospitais”, observa.

Além disso, a espiritualidade é um fator fundamental, segundo o sacerdote, para que pacientes se recuperem de suas enfermidades. E prossegue: “Posso dizer que existe notoriamente uma qualidade de vida ou de melhor enfrentamento dos duelos e questões bioéticas sobre morte, vida e Deus. Existem muitos estudos que dizem sobre o benefício das visitas, orações e sacramentos”, atenta.

Evangelização, motivação e informação

Rodrigo Luiz gravacao Congresso Pastoral da Saúde: congresso debate humanização e espiritualidade

Rodrigo Luiz registra, em vídeo, sua participação no Congresso / Foto: Padre Renato Prado

O missionário e jornalista da Comunidade Canção Nova, Rodrigo Luiz dos Santos, participará do Congresso com a palestra “Evangelização, Motivação espiritual e Notícia em tempos do novo normal”. A proposta é discutir o impacto dos meios de comunicação, absorção de notícias e fake news nesta era de pandemia.

“É importante lembrar que o cristão tem uma missão no ambiente digital”, reforça Rodrigo. “Em seus recentes documentos, o Papa Francisco nos lembra que somos todos irmãos. Ele nos convoca ao testemunho dentro e fora da rede, numa demonstração de amizade e diálogo”, acrescenta.

É importante, para o jornalista, nortear o debate tendo em mente as palavras do Sucessor de Pedro.

“Falando especificamente do jornalismo e seu papel na evangelização, gostaria de lembrar mais uma vez as palavras do Papa Francisco. Ele afirma que o Jornalista é o guardião da notícia”, diz. “E o jornalismo da Canção Nova tem essa missão: ‘Informar é formar, é lidar com a vida das pessoas’. E por isso, nossa busca constante é oferecer ao nosso público conteúdos que geram confiança e abrem vias de comunhão e de paz”, finaliza.

Confira aqui a programação completa e instruções sobre participação. 

O post Pastoral da Saúde: congresso debate humanização e espiritualidade apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Fri, 03 Sep 2021 10:36:42 +0000

Open chat