Papa sobre a Ucrânia: resolvam as tensões com diálogo e sem armas

O Pontífice disse que o Natal deve trazer paz à Ucrânia e pede que comunidade internacional resolva as tensões por meio do diálogo

Da redação, com Vatican News

O Papa Francisco orou pela amada Ucrânia, suas igrejas, comunidades religiosas e pessoas, durante a conclusão do Angelus deste domingo, 12.

O Santo Padre exortou a comunidade internacional a resolver as tensões na Ucrânia por meio de um diálogo “sério” “e não com armas”, dizendo que ficou triste ao saber que, no ano passado, mais armas foram produzidas por traficantes de armas do que no ano anterior. “As armas não são o caminho”, disse ele, antes de acrescentar sua esperança de que este Natal “possa trazer paz à Ucrânia”.

Tropas russas se concentram na fronteira

A Ucrânia acusou a Rússia de reunir dezenas de milhares de soldados ao longo de sua fronteira comum em preparação para uma possível ofensiva militar em grande escala. A Rússia negou ter planejado um ataque e afirma que precisa de garantias de segurança para si mesmo.

Nações ocidentais alertam sobre as consequências

Internacionalmente, os ministros das finanças das democracias mais ricas do chamado “Grupo dos Sete” alertaram no sábado sobre as terríveis consequências econômicas de qualquer ataque da Rússia à Ucrânia e pediram que Moscou retorne à mesa de negociações.

Também no sábado, 11, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que disse ao presidente russo, Vladimir Putin, que a Rússia pagaria “um preço terrível” e enfrentaria consequências econômicas devastadoras se invadisse a Ucrânia. “Eu deixei absolutamente claro para o presidente Putin que se ele atacar a Ucrânia, as consequências econômicas para sua economia serão devastadoras, devastadoras”, disse ele.

Informações adicionais com Reuters.

O post Papa sobre a Ucrânia: resolvam as tensões com diálogo e sem armas apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Sun, 12 Dec 2021 13:13:46 +0000