Papa Francisco envia uma carta ao Rei do Bahrein

Carta foi entregue ao rei Hamad bin Isa al Khalifa pelo cardeal Tagle; Purpurado consagrou a nova catedral dedicada a “Nossa Senhora da Arábia” em Awali, no dia 10 de dezembro

Da redação, com Vatican News

papa francisco acenando daniel ibanez CNA Papa Francisco envia uma carta ao Rei do Bahrein

Foto: Daniel Ibanez – CNA

“Um encontro cordial.” Assim, o vigário apostólico da Arábia do Sul (que inclui Iêmen, Omã e Emirados Árabes Unidos), Dom Paul Hinder, administrador do Vicariato Apostólico da Arábia do Norte (que inclui Kuwait, Catar, Bahrein e Arábia Saudita) define o encontro que teve lugar na última sexta-feira, 10, com o rei do Bahrein, Hamad bin Isa al Khalifa.

Junto com o prelado estiveram presentes o arcebispo Eugene Martin Nugent, núncio apostólico no Kuwait, Catar e Bahrein, e o cardeal Luis Antonio Tagle, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos. “O cardeal”, relata Dom Hinder, “entregou ao soberano uma carta do Papa Francisco e, por sua vez, o monarca expressou seu grande desejo de um dia ver o Papa no Bahrein”.

“O rei”, acrescentou o prelado, “também reiterou sua intenção de favorecer uma abertura cada vez maior do país às pessoas que não seguem a religião muçulmana”. Deve ser lembrado que em 3 de fevereiro de 2020, Francisco recebeu o soberano em audiência no Vaticano.

Comunidade católica multiétnica, multilíngue e multirritual

Posteriormente, afirma o vigário apostólico, o cardeal Tagle participou de um encontro com alguns membros da comunidade católica local e sublinhou “a sua particular experiência de viver a comunhão eclesial numa comunidade que tem a característica de ser multiétnica, multilingue e multirritual, sendo formada em sua maioria por imigrantes que vieram trabalhar no Bahrein”.

No dia 10 de dezembro, o prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos consagrou a catedral de “Nossa Senhora da Arábia”, padroeira do Golfo Pérsico, em Awali, no reino. Na homilia, o purpurado exortou os católicos locais a serem “pedras vivas” que fazem da Igreja “a casa da família de Deus”. O prefeito vaticano indicou três caminhos para se tornar uma verdadeira comunidade: “Palavra de Deus, Eucaristia e serviço à caridade”.

Consagrada a nova catedral de “Nossa Senhora do Bahrein”

A nova catedral tem capacidade para 2.300 pessoas e abriga duas capelas, dois salões e dois espaços para confissões. Projetado pelo arquiteto italiano Mattia del Prete, o local de culto tem uma forma octogonal que lembra uma tenda, com o objetivo de recordar aquela em que, segundo o Antigo Testamento, Moisés encontrou seu povo.

O projeto foi idealizado por dom Camillo Ballin, vigário apostólico do norte da Arábia, falecido em 12 de abril do ano passado. A igreja foi então construída ao longo de sete anos, num terreno de 9 mil metros quadrados doado pelo próprio rei Hamad. A fundação “Ajuda à Igreja que Sofre” também está entre os grandes apoiadores do projeto.

Por fim, deve-se notar que após a consagração da catedral de “Nossa Senhora da Arábia” haverá no dia 17 de dezembro a consagração de uma nova igreja católica dedicada a “São João Batista”, localizada na parte ocidental dos Emirados Árabes Unidos, a 250 km de Abu Dhabi, na fronteira com o Catar. O rito será presidido por dom Hinder.

O post Papa Francisco envia uma carta ao Rei do Bahrein apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Tue, 14 Dec 2021 10:39:33 +0000