Na vigília Pascal, Papa frisa: a luz de Deus que brilha nas trevas

Mesmo na escuridão mais tensa a estrela da manhã não deixa de brilhar; disse o Papa

Nathália Cassiano,

Da Redação 

Design sem nome 2 1 Na vigília Pascal, Papa frisa: a luz de Deus que brilha nas trevas

Papa Francisco na Vigília Pascal/Foto: REUTERS/Guglielmo Mangiapane

O Papa Francisco neste Sábado Santo,16, não presidiu a Vigília Pascal, mas fez questão de partilhar a homilia. A celebração aconteceu no Vaticano, esta vigília é considerada a mãe de todas as vigílias, pois antecede a grande festa da Páscoa.

O Pontífice inicia pedindo aos fiéis que se deixem guiar pelas mulheres do evangelho, para descobrir com elas a aurora da luz de Deus que brilha nas trevas do mundo.

“Com as primeiras luzes da aurora, aquelas mulheres foram ao sepulcro para ungir o corpo de Jesus e lá viveram uma experiência”, conta o papa.

Na primeira experiência, aquelas mulheres descobrem que o túmulo está vazio, logo em seguida, chegam duas pessoas para dizer que o Senhor ressuscitou e por fim, confrontando a realidade correm para anunciar a boa nova a todos.

As três ações 

O Papa pede para cada fiel participar da Páscoa do Senhor, com essas três ações:

O primeiro anúncio da ressurreição é feito sobre um sinal, sob uma fórmula a se decifrar, junto de um túmulo onde aparentemente tudo deveria está em ordem, as mulheres se assustam, pois não encontram o corpo de Jesus. E bate o medo.

“Por outras palavras a Páscoa começa para intervir em nosso esquemas, chegam com o dom de uma esperança surpreendente , mas às vezes temos de admitir que esta esperança não encontra espaço no nosso coração”, pontuou.

Francisco continua dizendo que assim como aconteceu com as mulheres, cada ser humano  tem também as suas dúvidas e interrogações, o medo se apresenta e com muita frequência, as pessoa passam a vida de cabeça baixa, sem esperança e mantém os olhos  fixos somente no hoje que passa. 

“Mas nesta noite irmãos, o Senhor quer nos dar um olhar diferente, iluminado pela esperança, onde a morte não tem a última palavra”, afirmou.

Em segundo lugar as mulheres escutam , depois de terem visto o sepulcro vazio elas disseram: Não está aqui.  E o Pontífice ensina: “Sempre que os fiéis pretendem entender tudo de Deus, arrumem seus próprios esquemas, que possam repetir: Não está aqui. Pois Deus vai além, ninguém explica os mistérios de Deus.

E por fim, as mulheres correm para anunciar a alegria da ressurreição. Elas vão para anunciar a alegria da ressurreição, não estavam preocupadas com a sua imagem e não mediram as palavras para levar a boa nova.  Proclamaram a vitória que vence a morte.

“Assim somos chamados a rolar a pedra do sepulcro, libertemos da clausura, despertamos o sono”, afirmou.

Pedido do Papa 

Francisco pede que o povo de Deus possa rezar principalmente pelos parlamentares, chefes de estado, autoridades, clamando pela paz e compaixão nas desigualdades, obras de amor e fraternidade, diante deste cenário tão horroroso marcado pela guerra.

O post Na vigília Pascal, Papa frisa: a luz de Deus que brilha nas trevas apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Sat, 16 Apr 2022 20:12:58 +0000