Mianmar: Igreja acolhe pessoas deslocadas no estado de Chin

Padres comentam situação de conflito na região, em Mianmar

Da redação, com Fides

Mianmar

Igreja em Mianmar ajuda pessoas que buscam refúgio./ Foto: Fides

A Igreja Católica em Mianmar têm colaborado e acolhido pessoas deslocadas no estado de Chin. Na comunidade católica da cidade de Surkhua, na diocese de Hakha, mais de 50 pessoas, incluindo mulheres, idosos e crianças, encontraram refúgio. 

A necessidade é resultado dos intensos combates entre o exército birmanês e as Forças de Defesa de Chinland locais (CDF) no estado, no oeste de do país, já na fronteira com a Índia. 

Leia mais
.: Bispos e líderes religiosos fazem apelo pela paz em Mianmar

Conflitos

Grupos de resistência armada foram formados no estado em abril deste ano para evitar a repressão militar. Os grupos armados do CDF estão ativos em várias cidades e territórios em todo o estado, incluindo Mindat, Thang Tlang, Senthang, Hakha e Zotung. Na área entre Hakha e Surkhua, um confronto armado entre as forças birmanesas e a CDF em 31 de maio resultou em 8 mortos e 5 feridos entre os militares e 1 morte entre os jovens de Hakha. Após os confrontos, os militares prenderam vários jovens combatentes da resistência e vasculharam a área minuciosamente para sufocar qualquer resistência. 

“Enquanto isso, o povo de Mianmar agora se refere aos militares como um exército terrorista”, observou um observador local.

Nesse contexto de violência e medo da população, Padre Hrang Tin Thang, pároco em Surkhua, acomodou idosos e pessoas com deficiência, bem como crianças da cidade que não puderam escapar para as florestas em sua igreja paroquial, onde graças à ajuda de Irmãs de uma comunidade religiosa local pode fornecer eles abrigo, cuidado e comida. “É uma obra de caridade que realizamos sem discriminação religiosa, dirigida aos mais fracos e indefesos”, afirma.

Conforme informado à Fides por Padre Paul Thla Kio, sacerdote local da diocese de Hakha, capital de Chin, até os soldados birmaneses, que controlavam a área, estão começando a encorajar padres e religiosas a continuarem suas obras de misericórdia e caridade.

A Igreja Católica local lançou um apelo informando que uma emergência humanitária está em curso no estado e pediu às Nações Unidas e às ONGs que criem campos de refugiados para que a ajuda humanitária possa ser oferecida aos dispiace pessoas em Mindat e arredores. Enquanto isso, muitos deles também cruzam a fronteira e buscam refúgio na Índia.

O post Mianmar: Igreja acolhe pessoas deslocadas no estado de Chin apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Wed, 09 Jun 2021 14:08:01 +0000

Open chat