Francisco receberá comunicadores no centenário da revista Terra Santa

Fundada em 1921 na cidade de Jerusalém, a revista Terra Santa é uma publicação bimestral colorida, com edições italiana, francesa, inglesa, portuguesa, espanhola e árabe

Da redação, com Vatican News

Os comunicadores da Custódia da Terra Santa serão recebidos em audiência pelo Papa Francisco na próxima segunda-feira, 17. O encontro será na Sala Clementina, no Vaticano, por ocasião do centenário da fundação da revista Terra Santa.

Composta por cerca de cinquenta pessoas e dirigida pelo Custódio da Terra Santa, padre frei Francesco Patton, que veio de Jerusalém para a ocasião, a delegação tem perfil internacional. De fato, a delegação é tão internacional quanto a presença dos franciscanos que se instalaram na Terra Santa e durante oito séculos cuidam dos santuários, acompanham os peregrinos, dedicam-se aos estudos bíblicos e arqueológicos.

Fundada em 1921 na cidade de Jerusalém, a revista Terra Santa é uma publicação bimestral colorida, com edições italiana, francesa, inglesa, portuguesa, espanhola e árabe. Nasceu com a missão de narrar as “maravilhas da Terra Santa” e o empenho dos frades menores nos diversos campos das suas atividades, incluindo a salvaguarda das comunidades cristãs nos países onde a Custódia está presente: Israel, Palestina, Jordânia, Líbano, Síria, Egito, Chipre e algumas ilhas da Grécia.

A revista conta com as contribuições de especialistas — muitos deles franciscanos — e é proposta como ferramenta de conhecimento e estudo aprofundado da complexa realidade da Terra Santa, abordando questões religiosas, culturais, bíblicas, arqueológicas e ecumênicas.

Somente a edição italiana da Terra Santa, conta com cerca de sete mil cópias por edição. A primeira edição de 2022 é um número especial, com 114 páginas inteiramente dedicada ao tema de viagens e peregrinações. Ambos são temas de uma dimensão fundamental para cristãos e para aqueles que querem se aproximar dos lugares santos.

A edição italiana da Terra Santa é publicada em Milão, onde está sediada a Fundação Terra Santa, que acolhe o legado secular da Imprensa Franciscana de Jerusalém. A marca pertence à TS Edizioni. A editora também publica livros sobre temas históricos, religiosos, arqueológicos e sociopolíticos.

O trabalho cultural de informação e divulgação a serviço da Custódia é realizado em colaboração com os Comissariados da Terra Santa que, em muitos países do mundo, partilham da missão de conhecer, amar e apoiar os lugares santos.

Além da Terra Santa, também fazem parte da fundação as publicações jornalísticas Eco di Terrasanta e terrasanta.net. A fundação cuida do setor de comunicação multimídia por meio de sites na internet e redes sociais, promove exposições e a organização de eventos culturais dedicados à Terra Santa, em particular em Milão e Bolonha, no complexo da Basílica de Santo Estevão.

Na ocasião da audiência com o Santo Padre, haverá um encontro dos membros do Conselho de Administração e da Fundação Terra Santa, presidida por frei Giuseppe Ferrari, que também é delegado da Custódio da Itália. Também estarão presentes diretores de jornais, jornalistas, editores, designers gráficos, funcionários administrativos e todos os funcionários da Fundação. Com eles, os curadores do site da Custódia e a equipe do Christian Media Center, ativos em Jerusalém, além dos escritórios editoriais das edições francesa, espanhola e brasileira.

O post Francisco receberá comunicadores no centenário da revista Terra Santa apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Sat, 15 Jan 2022 12:09:16 +0000