Diáconos Paulinos são ordenados padres na Catedral da Sé

Deivid, Francisco e Mário receberam o Sacramento da Ordem neste sábado, 31

Da redação, com O São Paulo

padres paulinos ordenação Fernando Geronazzo Diáconos Paulinos são ordenados padres na Catedral da Sé

Três novos padres da Pia Sociedade de São Paulo no Brasil/ Foto: Fernando Geronazzo

Os 90 anos de presença da Pia Sociedade de São Paulo no Brasil (Padres e Irmãos Paulinos) foram comemorados com a ordenação sacerdotal de três diáconos paulinos neste sábado, 31, na Catedral da Sé.

A celebração foi presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo. Cerimônia foi transmitida pelas mídias digitais, a partir das 15h.

Padre Francisco

Padre Francisco das Chagas dos Santos Galvão, 35, nasceu em Viçosa do Ceará (CE). Aos 19 anos, após fazer sua primeira Comunhão e a Crisma, sentiu o chamado de Deus para a consagração da vida. Anos depois, conheceu a Congregação dos Paulinos e se encantou com o carisma da evangelização pelos meios de comunicação.

“Olhando superficialmente para a sociedade de hoje, marcada por tantos sofrimentos e incertezas, talvez seja fácil dizer que, ‘este não é o melhor momento para tornar-se padre’. Compreendo, porém, que a vocação de um padre não é apenas para os tempos bons ou para as almas sadias. O nosso ‘sim’ é para todos e, de modo especial, para os feridos desse mundo. Sou muito grato pela oportunidade de ser instrumento de esperança nesses tempos difíceis. A vocação do Paulino é viver e anunciar o Evangelho com os meios de comunicação social. Para isso é necessário ‘alma’, isto é, profundidade, vida interior. Como dizia o Papa Emérito Bento XVI, silêncio e comunicação caminham juntos. Sem espiritualidade, a vocação fica vazia de significado. A oração, diz nosso querido Papa Francisco, é a única força capaz de dar sentido a nossas escolhas. Desejo, de coração, que o meu ‘sim’ ao sacerdócio ajude-me, de alguma maneira, a atenuar um pouco a dor do mundo. Que eu seja como Jesus, um curador ferido”, afirmou.

Padre Deivid

Padre Deivid Rodrigo dos Santos tavares, 36, nasceu em Aracaju (SE). Sempre atuou na sua comunidade de origem na área da liturgia, catequese e comunicação. O que despertou nele o chamado para dedicar a vida ao anúncio da Palavra pela comunicação.

“Ser um alguém capaz de anunciar por meio do ministério ordenado a mensagem do Evangelho de Jesus, Divino Mestre, inspirado naquilo que é próprio do carisma paulino na Igreja, como um grande comunicador da Palavra, que se fez realidade humana e entre nós habita”, ressaltou.

Padre Mario

Padre Mario Roberto de Mesquita Martins, 34, é natural de Cantanhede (MA). Desde a infância, era engajado na vida eclesial. Foi na Jornada Mundial da Juventude de 2011, em Madri, Espanha, que encontrou a resposta para sua inquietação interior que o levou a iniciar o discernimento vocacional com os Paulinos.

“Ser sacerdote é ser servidor de Deus e do seu povo em todas as circunstâncias. Em momentos difíceis como os atuais, penso que ser sacerdote é ser sinal de esperança, anunciar o Evangelho, denunciar as injustiças, estar ao lado dos pobres, ou seja, demonstrar com a vida e com as palavras  que Jesus é o caminho a verdade e a vida (Jo 14,6)”.

A missão do presbítero Paulino é evangelizar na cultura da comunicação. Dentre tantas possibilidades, penso ser importante ajudar as pessoas a rezarem e se conectarem com Deus em um mundo que, às vezes, tem a tentação de escondê-lo.”

O post Diáconos Paulinos são ordenados padres na Catedral da Sé apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Sun, 01 Aug 2021 14:43:43 +0000

Open chat