Campanhas solidárias levam calor e conforto aos mais necessitados

Com o inverno que se aproxima, diversas campanhas solidárias têm ajudado quem mais precisa

Thiago Coutinho
Da redação

pessoa envolta em cobertor - campanhas solidárias de inverno

Com a proximidade do inverno, solidariedade abraça e aquece quem mais precisa / Foto: Imagem de Katrina_S por Pixabay

O inverno começa na próxima segunda-feira, 21. É é uma estação que remete a comidas saborosas, roupas mais aconchegantes e clima propenso para dormir. Por outro lado, é também uma época muito cruel para quem vive marginalizado, sem um teto ou comida sobre a mesa. Um quadro que, infelizmente, tem-se tornado muito comum e ainda pior com a pandemia.

“Amarás ao próximo como a ti mesmo” (Mateus 22:39), ensinou Jesus. Levando esta máxima adiante, diversos são os exemplos de pessoas que se importam e buscam tornar mais quentes os dias frios de quem mais precisa. 

Na Catedral de Tubarão (SC), por exemplo, o padre Eduardo Rocha leva adiante campanhas para arrecadação de mantimentos e agasalhos durante as missas.

Uma peculiaridade torna o trabalho conduzido por padre Eduardo ainda mais importante: sua paróquia recebe muitos imigrantes. São venezuelanos, haitianos e senegaleses que não estão habituados com o frio rigoroso da região Sul do país.

“Eles chegam aqui muitas vezes desavisados do frio que faz”, explica o sacerdote. “E essas famílias, crianças, adultos, homens, mulheres, precisam de roupas próprias para o inverno, roupas quentes”, ressalta.

Em Tubarão, o poder público dá um suporte para que o trabalho da paróquia possa ser realizado e atenda quem precisa. “Há um programa, a Rede Laço, que ajuda na captação dessas roupas. E as assistências sociais de cada município ajudam a na distribuição das famílias cadastradas. Então, o poder público aqui em Santa Catarina tem colaborado, tem sido parceiro e demonstrado grande preocupação com este serviço oferecido pela Igreja”, ressalta.

Corpus Christi: arrecadação de cobertores

Em Guaratinguetá (SP), outra iniciativa que surgiu na Solenidade de Corpus Christi. “A ideia inicial era fazer o tapete de Corpus Christi com cobertores doados pela comunidade e depois distribuir de acordo com a procura”, explicou Maria Lúcia de Souza Lino. Ela coordena a Comunidade São Judas Tadeu, que pertencente à Matriz de Santo Antônio.

Respeitando o distanciamento social e o uso de máscaras, a Igreja levou adiante este trabalho. “Recebemos mais cobertores, algumas roupas usadas desde que estejam em bom estado e limpas. Há muita procura para roupas masculinas, para essas pessoas que vivem nas ruas”, afirmou.

Motociclistas Insanos Campanhas solidárias levam calor e conforto aos mais necessitados

Campanha para arrecadação de agasalhos / Foto: Rômulo Íris dos Santos

Motociclistas em Volta Redonda (RJ)

Em Volta Redonda (RJ), um grupo de motociclistas também resolveu pôr em prática a solidariedade. 

“Muitos moradores de ruas, que estão em situação de risco em nossa cidade, ficam em abrigos ou nas ruas. Então, resolvemos fazer o bem sem olhar a quem. Contamos com ajuda de parceiros e empresários. Temos dois pontos de coleta que são divulgados em redes sociais, e tem sido uma campanha linda”, afirma Rômulo Íris dos Santos, diretor social do grupo.

Os motociclistas também levam comida a essas pessoas — sempre respeitando as exigências sanitárias impostas pela pandemia. “Todas as roupas que doamos foram higienizadas e levamos álcool em gel para os moradores de rua”, assegura Rômulo.

Além de arregimentar agasalhos e alimentos, no próximo sábado, 19, os motociclistas organizarão uma grande ação social para doação de sangue. “Mensalmente sempre realizamos uma campanha”, explica o diretor social do clube de motociclistas.

Ações solidárias têm-se multiplicado por todo o país, mostrando que a compadecimento com a dor alheia ainda se faz presente entre os brasileiros.

Durante a 58ª Assembleia Geral da CNBB, os bispos divulgaram o balanço da Ação Solidária Emergencial “É tempo de cuidar”, conduzida pelo bispo de Roraima (RR) e segundo vice-presidente da CNBB, Dom Mário Antônio da Silva.

A iniciativa, engendrada pela CNBB, Caritas Brasileira e Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), alcançou mais de 1,1 milhão de pessoas, arrecadou mais de R$ 4,5 milhões e distribuiu cerca de 5,9 milhões de quilos de alimentos.

O post Campanhas solidárias levam calor e conforto aos mais necessitados apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Wed, 16 Jun 2021 11:44:53 +0000

Open chat