Campanha conscientiza sobre respeito e responsabilidade no trânsito

Campanha deste ano tem como tema “Respeito e Responsabilidade: pratique no trânsito”

Denise Claro
Da redação

trânsito

Com o tema “Perceba o risco, proteja a vida”, o foco da Semana Nacional do Trânsito é chamar a atenção sobre os perigos no trânsito e outros riscos à saúde do cidadão / Foto: Marcello Casal Jr – Agência Brasil

No mês de maio acontece a Campanha Maio Amarelo. Neste ano de 2021, o tema da Campanha é “Respeito e Responsabilidade: pratique no trânsito”. O objetivo da iniciativa é promover a empatia e a humanização das estatísticas de acidentes de trânsito e chamar atenção sobre como a impaciência e a intolerância refletem nas atitudes das pessoas quando estão dirigindo.

A Campanha é coordenada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária. O movimento Maio Amarelo nasceu em 2014 e visa discutir o tema segurança viária com o objetivo de reduzir os acidentes e mortes no trânsito. 

Apesar da redução do número de mortes nos últimos anos, o trânsito brasileiro ainda mata milhares de pessoas todos os anos. No último levantamento feito pelo Ministério da Saúde, em 2019, foram mais de 31.945 vidas perdidas.

O coordenador do SOS Estradas e fundador da Trânsito Amigo, Rodolfo Rizzotto, explica que em maio acontece também a semana global da Segurança no Trânsito, iniciativa da ONU, e que as campanhas são muito importantes para a conscientização. 

“O Maio Amarelo tem iniciativas diferentes em várias partes do país, em ações de conscientização em relação à segurança no trânsito. No Brasil, vemos uma falta de consciência com relação à violência no trânsito e à preservação da vida.”

Respeito e preservação da vida

Rissotto ressalta que não há campanha de segurança no trânsito que consiga vencer a impunidade. É preocupante, para o especialista, as atitudes observadas de jovens e alguns influenciadores digitais, que demonstram pouco respeito à vida. 

“Há jovens que filmam suas próprias infrações e postam esses vídeos nas plataformas digitais. Dirigindo a 160, 170, 200 km/h, participando e divulgando rachas, fazendo manobras radicais nas rodovias, deitados em motos a 200km/h. São infrações e crimes de trânsito. E ganham em publicidade. Isso estimula a impunidade”.

O especialista lembra que, enquanto esses vídeos tem milhões de visualizações, os dos órgãos que falam sobre a segurança no trânsito tem apenas alguns milhares, em anos. “Não dá pra concorrer”. 

Um recente estudo mostrou que de 0,1% a 0,5% dos condutores que passam nos radares são flagrados em excesso de velocidade.

O especialista reforça que é importante a luta pela preservação da vida no trânsito. “A violência no trânsito mata indistintamente, mata a todos. O drama afeta a todas as pessoas, independente de raça, credo, ou qualquer outra coisa. É a vida que é fundamental preservar.”

Direção Segura

Para uma direção segura, o especialista dá algumas dicas. Primeiro, respeitar o condutor. 

“É muito comum, ao se preparar para viajar, checar o carro, pneu, freios, documentação, óleo, etc.. mas não checar as condições do motorista, se ele está descansado. Isso deve ser observado. Ele precisa estar em boas condições. Também evitar confusão dentro do carro, criança solta, cachorro, algum equipamento solto, pois numa freada, isso tira a atenção do condutor”. 

Outras dicas são, em uma viagem, parar a cada duas horas, para descansar 15 ou 20 minutos. Não fazer uso de bebidas alcoólicas nem de drogas. E respeitar a sinalização das estradas, os limites. 

“As regras de trânsito todos conhecem. Os limites são calculados em uma série de pressupostos, e devem ser seguidos. Quando se consegue a habilitação, se faz um compromisso de se seguir as leis de trânsito. Então, o que se deve fazer é obedecer”. 

O post Campanha conscientiza sobre respeito e responsabilidade no trânsito apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Tue, 25 May 2021 11:15:02 +0000