"A figura da mãe é sempre especial", afirma mãe do beato Carlo Acutis

Antonia Salzano dá testemunho de sua maternidade; “Mãe é sempre mãe. Seja de um beato, seja de um delinquente, seja de quem for…”

Da redação, com Vatican News

2020 10 05T000000Z 91830610 MT1SIPA0002CQ4FR RTRMADP 3 SIPA USA "A figura da mãe é sempre especial", afirma mãe do beato Carlo Acutis

Antonia Salzano, mãe do Beato Carlo Acutis /Foto: IPA/Sipa USA via Reuters

Como é ser mãe de um beato? Antonia Salzano, mãe do Beato Carlo Acutis, respondeu a esta pergunta. No dia 3 de maio, Carlo teria completado 30 anos se estivesse vivo. Ele nasceu em 1991 e morreu aos 15 anos em 2006.

Para recordar esta data, o Vatican News fez uma transmissão ao vivo diretamente com o Santuário do Despojamento, em Assis. No local repousam os restos mortais do Beato. Na ocasião, Antonia, por ocasião do Dia das Mães, comentou sobre como é ser mãe de um beato.

Mãe é sempre mãe

“Mãe é sempre mãe. Seja de um beato, seja de um delinquente, seja de quem for… A figura da mãe é sempre especial, porque tem como referência Maria, a nossa Mãe celeste, a verdadeira mãe”, sublinhou a mãe de Carlo Acutis.

Leia também
.: Mãe de Carlo Acutis: que seu exemplo ajude os jovens a ter fé

Antonia destacou que sente que Deus escreve certo por linhas tortas. “Às vezes escolhe pessoas que não são particularmente santas, brilhantes, etc, para serem mães de um santo. Certamente foi o que aconteceu comigo e com Carlo.”, complementou.

A mãe de Carlo destacou que não se sente de modo algum especial, mas graças a Carlo, se reaproximou da fé. “Digo sempre que foi meu ‘pequeno Salvador’. Fiz um percurso que pode ser que termine no purgatório (aos risos), mas esperemos que não!”.

Realizar o que Deus quer

Espero poder realizar aquilo que o Senhor realmente quer. O que realmente conta é fazer a vontade de Deus, como fez Carlo, que sempre fez tudo em Jesus, por Jesus e para Jesus. É o que comentou Antonia.

Segundo ela, o programa de vida de Carlo era sempre estar unido a Jesus. “Ele sempre fez tudo na presença de Deus. Isso fez com que Carlo fosse realmente uma testemunha veraz”.

Vida real e vida de fé

“Com frequência nós católicos dividimos a vida real e nossa vida de fé. Ao invés, deve ser sempre uma única coisa – que foi o que Carlo conseguiu fazer.  Tudo o que ele fazia, mesmo as banalidades, limpar o quarto, organizá-lo, jogar bola, devia ser feito na presença de Cristo”, recordou.

Segundo Antonia, para Carlo, o ordinário se tornava algo extraordinário. “O que conta é fazer tudo com amor. E isso foi o que Carlo fez e são os meus votos a todos vocês. E isso só é possível colocando Cristo em primeiro lugar na nossa vida. Este amor deve transparecer e não ficar somente nas palavras, mas deve estar dentro de nós.”

O post “A figura da mãe é sempre especial”, afirma mãe do beato Carlo Acutis apareceu primeiro em Notícias.

Fonte: Canção Nova
Data: Sun, 09 May 2021 14:39:56 +0000